CUIDADO COM A ANEMIA



Este recado vai diretamente para as mulheres, mas os homens também podem e devem ler. Nós temos uma tendência à anemia, principalmente porque perdemos sangue todo o mês. Sangramos e não morremos, mas se não tomarmos cuidado podemos ficar doentes.

É muito mais comum do que imaginamos um fluxo menstrual intenso levar à anemia. Mas ela também pode ser causada por doenças. De qualquer forma ela tem que ser tratada. Não a ignore!

Já ouvi algumas mulheres dizendo: "É comum à mulher ter um pouco de anemia..." Pode ser comum, mas não é pra ser, não é saudável. Anemia é doença, mesmo que pouquinha. Comum não quer dizer bom, vejamos a violência no mundo, é algo comum e não é boa.

Falo tudo isto por experiência própria. Fiquei ao longo de alguns anos me deparando com um pontinho ou dois abaixo da taxa normal de hematócritos em meus exames de sangue. Ninguém dava importância. Os médicos às vezes recomendavam um pouquinho mais de ferro na alimentação ou algumas cápsulas e não pediam outro exame para ver se havia melhorado. Isto me levou a uma anemia mais forte, que me fez ser encaminhada a um hematologista, que atribuiu corretamente a causa ao meu intenso fluxo menstrual.

Além da prescrição de suplemento de ferro, fui aconselhada a diminuir meu fluxo, o que consegui com um remédio inofensivo que minha ginecologista receitou depois de descartar qualquer problema de útero ou ovário. Meu fluxo intenso não me incomodava, nem cólica eu tinha, mas foi preciso reduzi-lo para eu vencer a anemia e continuar sem ela.

Em um mês e meio saí da anemia, mas continuo com o suplemento ferroso, pois segundo o médico agora preciso repor as minhas reservas de ferro.

Amigas, anemia é coisa séria. Um pouquinho só de hematócritos mais baixo já é o suficiente para diminuir nossa qualidade de vida. Sentimo-nos cansadas, desanimadas, sem pique, prostradas. Ficamos sonolentas o dia inteiro e sem energia pra nada. A mente quer fazer as coisas e o corpo não. Você começa a se cobrar, a não entender o que está acontecendo.

Aqui vai o meu conselho. Verifique como está o seu sangue de seis em seis meses. Mesmo que dê uma leve anemia procure um médico que dê importância a isto e cuide dela, ou melhor, cuide do seu sangue, cuide de você.


Anna Leão (Favor mencionar autoria e fonte ao reproduzir este artigo).


Comentários

Patty disse…
Amiga,
Adorei o texto. Realmente é muito válido este alerta sobre a anemia!
Eu mesma sou uma dessas que está sempre anêmica!
Mil beijos!!!!
Saudades...saudades...saudades!
Anônimo disse…
VLW , PELO TEXTO .. MUITO UTIL .. EU DESCOBRI RECENTEMENTE Q ESTOU COM ANEMIA .. E ESTOU PROCURANDO ESTUDAR SOBRE O ASSUNTO PARA ME CUIDAR, DIREITINHO .... E AINDA TENHO FATOR AGRAVANTE .. SOU DIABETICA ...
KASSIA TAVARES
kassiatavares37@hotmail.com