Lakshmi - A Deusa da Prosperidade

Lakshmi Pictures, Images and Photos


Lakshmi é a Deusa indiana que nasceu de um mar de leite numa flor de lótus. De acordo com os mitos, Lakshmi sempre existiu, mesmo antes da criação.

Ela é representada sempre muito bela, com quatro braços e sentada ou em pé na flor de lótus. Esta, símbolo da espiritualidade elevada, tem uma forte ligação com a Deusa.

O lótus embora nasça da lama, floresce acima das águas, sem contato nenhum com o barro. Isto representa a prosperidade em seu sentido mais alto, a elevação espiritual, que permite que a prosperidade material seja usada com consciência e substância.

A associação de Lakshmi e do lótus é o símbolo da ligação da Terra e do mundo dos Deuses e do florescer da vida.

Esta Deusa bela e altiva representa a abundância, a fertilidade, o amor e a beleza.

Brahma (o criador do Universo), Vishnu (o preservador do Universo) e Shiva (o destruidor e sustentador do Universo) ficaram atraídos por Lakshmi, mas foi Vishnu o escolhido por ela. A Deusa acomapanha o marido em todas as suas encarnações, como Rama (Vishnu) e Sita (Lakshmi); Krishna (Vishnu) e Radha (Lakshmi).

Embora possuindo toda esta dedicação, lealdade e amor a Vishnu, Lakshmi também é tida como uma Deusa instável, no sentido de abandonar um governante para proteger outro. Aliás, um dos motivos pelo qual a Deusa escolheu Vishnu como marido foi o fato dele possuir diversas formas. Lakshmi é também conhecida como "A Inconstante" e "A Impaciente".

Agora pensemos um pouco: o que é constante na vida? Sábia Lakshmi!

Existem muitos mitos sobre Lakshmi, assim como sua associação a diversos Deuses. Gosto muito da passagem que conta a sua devoção a Shiva.

Toda noite Lakshmi oferecia mil flores a Shiva. Numa noite porém, percebeu que faltavam duas. Não havia mais tempo de ir com sua criada colher mais flores, pois os lótus já haviam fechado suas pétalas. A Deusa achou que não seria bom ofertar menos, então se lembrou que seu marido , Vishnu, comparava seus seios à flor de lótus.

Lakshmi resolveu então ofertar seus próprios seios. Foi ao altar, junto
à imagem de Shiva, e cortou seu seio colocando-o junto às flores.
Shiva, comovido com a devoção de Lakshmi impediu que ela cortasse o outro seio. O seio cortado ele circulou com um fruto sagrado e jogo-o na Terra para que florecesse em seu templo.

Amanhã, dia 16 de outubro, se comemora na Ìndia o Festival das Luzes, celebrando a Deusa Lakshmi, esta que nos oferece a prosperidade em todas as áreas de nossas vidas.

Para homenageá-la você pode ascender velas vermelhas ou laranja, inscenso de lótus e oferecer flores a esta Deusa, fazendo uma prece a ela, ou entoando um mantra. Não se esqueça de pedir sempre a prosperidade espiritual como base para as suas conquistas.

Namasté!

Anna Leão. Todos os direitos reservados.

Comentários

LYDIAH disse…
Minha amada Anna,

que as bênçãos de LAKSHMI sejam por todos nós, em todos os cantosd do Universo!!!

Desde já, assim na Terra como no Céu, que assim seja e que assim se faça!!!

Blessed be!!!
Anna Leão disse…
Que assim seja, que assim se faça, querida Lydiah!!!

Que a Deusa nos abençõe sempre!

Jaya Lakshmi!!!

Anna