Através das Brumas



Quando me quiseres ter vá me buscar nos tês reinos:
O Céu, a Terra e o Mar!
Neles poderás me encontrar
Planando através das nuvens,
 Correndo pelos campos,
 Mergulhando nas porfundezas das águas de Manannan.

Não se intimide e busque me ver em sintonia com os Deuses,
Atravessando as brumas e agradecendo a Eles pelo Fogo Sagrado!
Não se intimide e peça a Manannan que te guie ao Outo Mundo
Num imram de coragem e renascimento
Numa jornada de descobertas e plenitude

E quando lá te encontrares enfim
Procure o ramo prateado para chegar ate´mim
E sentir o perfume das maçãs exalando do meu amor  por ti.

Anna Leão. Todos os direitos reservados

O Mar é a morada de Manannan Mac Lir, leia o artigo sobre este Deus Celta em meu site www.annaleao.com.br

Comentários

Anninha, minha linda,

que poesia bela!
Inspiradíssima vc!
Parabéns!

E que Manannan possa sempre nos cubrir com Suas Bênçãos e Proteção!

Bom vê-la de volta!
Beijo grande,
Lydiah.
Anna Leão disse…
Obrigada, Lydiah querida!

E a energia de Manannan está muito presente em minha vida ultimamaente, pois estou muito conectada com o Mar.

Um beijo grande pra vc tb!
Anna
Fàilte, minha querida!

Adorei a poesia... Inspirada por Brighid e abençoada por Manannan Mac Lir!

Saudades, beijos!

Rowena.
Anna Leão disse…
Querida Rowena, obrigada!!!

Failté Brighid e Manannan!!!

Tb saudades!
Beijos,
Anna