A MULHER NA JANELA


VOCÊ JÁ OLHOU O CÉU ESTRELADO E TE DEU VONTADE DE SAIR VOANDO? ADORO CHEGAR A MINHA JANELA, À NOITE, E OLHAR O CÉU; ÀS VEZES ESTRELADO, ÀS VEZES COBERTO DE NUVENS… E A LUA? LINDA E MAJESTOSA QUANDO CHEIA.  LUA DOURADA, REFLETINDO O BRILHO DO SOL, POIS SÓ ASSIM CONSEGUIMOS VÊ-LO SEM DOER NOSSOS OLHOS.

SINTO VONTADE DE ALÇAR VOO E COMO LAMENTO NÃO PODER VOAR. MUITAS VEZES TENHO A ESPERANÇA DE QUE VOU SAIR LEVITANDO E ME IMAGINO PLANANDO E SUBINDO RUMO ÀS ESTRELAS. IMAGINO ISTO TÃO BEM QUE SINTO A SENSAÇÃO NO MEU CORPO, NA MINHA ALMA.
TAMBÉM GOSTO DE OLHAR O CÉU TÃO AZUL DO DIA. E HOJE, DE REPENTE, DEPAREI-ME COM ELA. LÁ ESTAVA MINHA AMIGA, MINHA IRMÃ, MINHA MÃE LUA, EM SEU QUARTO CRESCENTE, SE CONFUNDINDO COM AS NUVENS TÃO BRANCAS. ESTOU VENDO-A DAQUI DA MINHA JANELA, ME CONVIDANDO A SORRIR E A SONHAR, NESTA TARDE TÃO LINDA.
QUER MAIS INSPIRAÇÃO DO QUE A NATUREZA PODE DAR? DIFÍCIL…
NÃO PRECISA DE MUITO PARA SE SENTIR EM PAZ, SERENA, FELIZ. A NATUREZA TRAZ A MAGIA DA VIDA, O DESCANSO NECESSÁRIO. É TÃO BOM CONTEMPLÁ-LA…
SE VOCÊ ESTÁ UM POUCO DEPRIMIDA, CONTEMPLE UMA MONTANHA – QUE EU VEJO DAQUI DA MINHA OUTRA JANELA – E SE SENTIRÁ MAIS CENTRADA, MAIS FIRME E MAIS FORTE.
ESTÁ MUITO ANSIOSA, AGITADA? CONTEMPLE O MAR QUE ELE TE ACALMA.
QUER RELAXAR, VIAJAR?  MONTE NA SUA VASSOURA E VAMOS VOAR JUNTAS PERTO DO CÉU, DAS NUVENS, DA LUA E DAS ESTRELAS.
AH! E AQUELES LINDOS RAIOS E SEUS CLARÕES NO CÉU, EM UM DIA DE TEMPESTADE? EU ADORO! APROVEITE-OS PARA COLOCAR UM POUCO DE EMOÇÃO E INTENSIDADE NA SUA VIDA QUANDO ESTIVER PRECISANDO DE UM ESTÍMULO MAIOR.
QUANTO PRAZER COM A NATUREZA… QUANTA SATISFAÇÃO ELA PODE ME DAR! COM CERTEZA É MELHOR DO QUE UM SHOPPING CENTER.
QUER SE CARREGAR, QUER DESCARREGAR? A MÃE NATUREZA OFERECE TODAS AS OPÇÕES. NÃO SE ESQUEÇA, ELA É MÃE! ELA É A TERRA, ELA É O COSMOS! ELA É TODO O UNIVERSO!
OH! ACABO DE RECEBER A VISITA DE UM BEIJA-FLOR. NESTE INSTANTE… FALO SÉRIO! DESTA VEZ ELE NÃO ENTROU, MAS ÀS VEZES ELES ENTRAM NO MEU QUARTO. ONDE MORO? AQUI MESMO EM BOTAFOGO, NA CIDADE MARAVILHOSA, NO RIO DE JANEIRO. MAS CONSIGO APRECIAR A NATUREZA AO MEU REDOR. ELA ESTÁ EM TODA PARTE, AO NOSSO DISPOR, SÓ PRECISAMOS OLHAR PARA ELA.
EU SOU A MULHER NA JANELA.
E VOCÊ, JÁ VISITOU A SUA JANELA HOJE?
Por Anna Leão (Favor mencionar fonte e autoria ao reproduzir este texto.)

Publicado originalmente em maio de 2008.



Comentários

A.S. disse…
Ah!... Ler-te é um doce fascinio Ana...
Adorei!

Beijos,
AL
Anna Leão disse…
Muito obrigada, Albino!!!

Beijos,
Anna