Pular para o conteúdo principal

QUANDO AS COISAS NÃO VÃO BEM...




Muitas vezes quando as coisas não vão bem, quando parece que tudo saiu dos trilhos, quando parece que tudo deu pra trás, a melhor coisa é se aquietar e esperar os ventos ruins mudarem o seu curso.

Tendemos, nestes momentos, a nos afobarmos, a querer fazer mais alguma coisa, mas já estamos nos sentindo para baixo, completamente down, o melhor então é não fazer nada.

Tudo que fizermos irá carregado de uma energia não muito boa e acabaremos que não teremos sucesso. Se conseguirmos mudar esta energia, perfeito. Mas muitas vezes isto é difícil, pois o que precisa acontecer para esta energia melhorar é exatamente nos aquietarmos e esperarmos.

Nessas horas o melhor a fazer é ficarmos com nós mesmos, tentando recuperar nosso equilíbrio interior. É importante conseguirmos entrar no vácuo e nos deixarmos levar, porque é neste vácuo que reside tudo, é nele onde residem as infinitas possibilidades, para podermos, então, embarcar na onda de uma possibilidade infinitamente melhor e transformá-la em realidade.

Pois tudo pode acontecer do dia para noite, tudo pode mudar da água para o vinho. Mas enquanto estivermos mergulhados no olho do furacão, não conseguiremos operar esta mágica e continuaremos rodando com ele sem conseguirmos fazer nada.

O pulo do gato é saltar para fora do furacão e deixá-lo girar sozinho. É se desligar dos problemas mesmo! Se você se identifica com o problema, além do seu estado de ânimo piorar, fica muito mais difícil resolvê-lo.
Não é fingir que as dificuldades não existem, mas é não valorizá-las além da conta. Com certeza você já fez o que precisava fazer. Se há mais para fazer, não é este o momento.

Um exemplo: você precisa urgentemente de um trabalho. Está desesperado, desempregado ou com pouco dinheiro e precisa aumentar a sua renda. Num dia específico, ou em uma semana, você se vê angustiado com a situação, mergulhado no problema, se sentindo mal por conta disto. Não adianta ir atrás do emprego neste período, mandar currículos, enfim, empreender todas as ações necessárias para consegui-lo. Você não vai conseguir nada, pois está com a energia péssima.

Você precisa procurar o emprego quando tiver soltado o problema, quando não tiver supervalorizando-o. Mergulhe no vácuo e mude a sua vibração. Quando você estiver se sentindo melhor você retorna às suas ações, pois estará mais tranquilo, mais confiante e com uma energia bem melhor. 

Na maioria das vezes as coisas precisam de tempo para acontecer, e esse tempo vai ser mais rápido de acordo com a sua mudança de energia e vibração. Mergulhe no vazio, espere serenamente, curta o seu ser - ou o não fazer nada - não se desespere.


Quando não estamos bem a melhor coisa é fazermos o que nos relaxa e nos dá prazer, nem que seja preciso o dia inteiro sentado no sofá da sua sala contemplando a montanha em frente a sua janela.


A mudança de energia está dentro de nós e não fora. Não se cobre, não se culpe, apenas se distancie e contemple a vida. Provavelmente você vai perceber que a mágica está em cada canto, em cada segundo, e você será capaz de fazer mágica sem fazer nada.


Por Anna Leão. (Favor mencionar autoria e fonte ao reproduzir este texto)



Comentários

A.S. disse…
Ler-te é um doce fascinio!
Na verdade o teu texto revela não apenas uma consistente maturidade, como, sobretudo, uma forma perfeita de enfrentar as contrariedades da vida.
Tuas palavras são perfeito um manancial de ensinamentos Ana!...

Bjusss,
AL

Anna Leão disse…

Albino querido, muito obrigada mais uma vez por suas palavras! É desse tipo de incentivo que o escritor precisa! Ao tocarmos um coração com nossa escrita, tocamos milhões!!!

Beijo grande,
Anna

Postagens mais visitadas deste blog

BRUXAS E FADAS - QUEM É QUEM?

Minha filha mais nova chegou para mim dizendo que a amiga não acreditava em bruxa boa, que bruxa boa era fada. Ledo engano.
Está certo que a menina fala inspirada nos contos de fadas e tudo o que há por aí sobre o assunto a nível de fantasia. Mas me pergunto, e Harry Potter?
Isto mostra como as crenças (olha elas aí de novo!) são muito fortes e difíceis de serem mudadas de uma hora para a outra. Criamos imagens de certas coisas que ficam enraizadas em nossa psique e na psique coletiva, mesmo que erradas.
Para começar, bruxas e fadas existem. Só que a maioria das pessoas tem uma imagem completamente equivocada de ambas. Existe muito preconceito, má informação e deturpações.
Vamos por parte. Começo pelas fadas. Elas são seres elementais. O que é isto?
Bem, existem quatro elementos básicos da criação, a saber: Terra, Ar, Fogo, Água. Os elementais são seres habitantes destes elementos. Seus nomes, atribuições, características e funções são de acordo com o elemento a que pertencem.
Os reinos ele…

Perséfone - Deusa da Primavera e Rainha do Submundo

De Metamorfose

A princípio pode parecer estranho que a Deusa Perséfone tenha como atributos a Primavera e o Submundo, mas não podemos esquecer que da morte advem a vida e o mito desta Deusa explica isto muito bem.

Filha de Zeus e Deméter, esta jovem Deusa grega, enquanto colhia flores, é raptada por Hades, o Deus do Mundo Subterrâneo.

Jacinto foi a flor que seduziu Perséfone atraindo-a ao local onde a terra se abriu, surgindo Hades em sua carruagem dourada, puxada por cavalos imortais.

Contra a sua vontade Perséfone foi levada ao Submundo. Seus gritos não foram ouvidos por nenhum Deus ou mortal, exceto pela Deusa Hécate que os ouviu de sua caverna.

Deméter, Deusa da colheita, da fertilidade e dos grãos, ao perceber o sumisso de sua filha sai a sua procura. Muito triste e lamentosa, sua luz e alegria vão se extinguindo dando lugar a sua ira, o que provoca a seca e o frio na Terra.

Finalmente ao saber por Hécate o paradeiro de Perséfone, Deméter vai até Zeus pedindo que ele interceda junto a …

O CHAKRA ESPLÊNICO - O SEGUNDO CHAKRA

De Metamorfose

Continuando a falar sobre os chakras...

Chakra Esplênico é o nome do segundo chakra que se localiza no baixo ventre, quatro dedos abaixo do umbigo.

Seu nome em sânscrito é Svadhistana, que significa segundo alguns autores "morada do Sol", segundo outros,"morada própria". Ele também recebe os nomes de Chakra do Hara, Chakra Sagrado e Chacra do Sacro.

A função básica do segundo chakra é filtrar e distribuir a energia vital. Ele também é responsável pela sexualidade - tanto por sua energia, quanto pelo prazer que ela proporciona – pela criatividade, pela reprodução e pelos relacionamentos, quaqlquer tipo, inclusive o relacionamento com o mundo físico.

O chakra esplênico é o chakra das emoções. Diane Stein em seu livro As Sacerdotisas, coloca este chakra relacionado ao corpo emocional e à projeção astral, conhecida também como viagem astral. Isto fica fácil de entender pois é este chakra que liga o corpo físico à alma.

É o chakra do movimento, da expanção. Reg…