Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

O Sentido do Sacrifício!

Nunca gostei do sentido usual da palavra sacrifício. Bem longe do seu significado original – sacro ofício, ofício (trabalho) sagrado – eu não acredito nesta palavra como é utilizada atualmente.
     Quantas vezes não ouvimos frases como: “Ah, é preciso sacrifícios na vida!” “Fulano é tão bom! O quanto ele se sacrificou...” Acho o sentido desta palavra hoje em dia extremamente hipócrita.
     Por mais que um ser humano se sacrifique por algo ou alguém, ele recebe algo de bom para si. Nem que seja a satisfação que sente ao proporcionar felicidade para alguém. Então, não foi tanto sacrifício assim, no sentido usual da palavra. Não foi um sacrifício desinteressado, extremamente altruísta.
     Quando não há nenhum tipo de ganho, e nestas ocasiões o sacrifício é feito por obrigação ou imposição familiar, social ou cultural, cedo ou tarde a pessoa vai reclamar por ele. Quantas vezes não já ouvimos? “Ah, mas eu fiz tanto sacrifício por você...”
     Então, não devemos fazer sacrifícios? Bom, ach…

Pensamentos que iluminam!

"Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida.

A consciência de aprender tudo que foi ensinado pelo tempo afora.

Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.

Daria a capacidade de escolher novos rumos, novos caminhos.

Deixaria, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável:

Além, do pão, o trabalho.

Além do trabalho, a ação.

Além da ação, o cultivo à amizade.

E quando tudo mais faltasse, um segredo:

O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída."

Mahatma Ghandi